Audiência em Piracicaba sobre as áreas invadidas da União

Nesta reunião a Prefeitura reafirmou e garantiu que fará o levantamento sócio-econômico de todas as famílias que estão morando nas áreas da União, sendo na região da Colônia Fepasa, Asilo, P2, antiga Estação e Subestação, bem como da Barroca e da cidade, pois muitas famílias não invadiram essas áreas e podem também ser beneficiadas no Programa Social de Habitação. Também serão feitos pela Prefeitura os trabalhos técnicos de engenharia, com o objeto de efetuar o levantamento planialtimétrico cadastral georreferenciado dessas áreas, exceto da Barroca, para mapear tudo que existe. Com esses dados em mãos, cadastro social e mapeamento técnico das áreas, a Prefeitura terá condições de analisar a situação global e propor seu plano habitacional, se for viabilizado em face das construções feitas em desacordo com a legislação e acordo judicial em 17/10/2017. As famílias a serem beneficiadas, caso atendam os critérios e regras da legislação federal e municipal e, caso o projeto prospere por parte da Prefeitura, essas áreas, exceto da Barroca deverão ser transferidas para o município para dar andamento no programa. As fotos registram todas as autoridades, servidores públicos e representantes das áreas presentes na audiência de negociações.

Mais fotos

 


banner portalcid

banner esic


bto rh

sic fisico

itr